Acisa divulga arrecadação de ICMS de 2018 e diz que empresários saíram prejudicados

A arrecadação gerou um total de 1,4 bilhões de reais, com Superavit de 251 milhões de reais.

por Simone Chalub

O presidente da Associação Comercial do Acre – Acisa, Celestino Oliveira, divulgou balanço de 2018 do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e de Serviços – ICMS, nesta quinta-feira (10). A diretoria da entidade fez uma avaliação e disse que governantes precisam ser mais flexíveis, reduzindo percentuais, tendo em vista que o aumento do ICMS no atual momento econômico acaba prejudicando a geração de emprego e desenvolvimento do estado.

No Acre, a previsão de arrecadação do ICMS 2018 era de R$ 1,07 bilhões.
Em janeiro, o valor arrecadado foi 114 milhões; fevereiro 90 milhões; março 107 milhões; abril 92 milhões; maio 99 milhões; junho 92 milhões; julho 113 milhões; agosto 112 milhões; setembro 108 milhões; outubro 118 milhões; novembro 120 milhões e dezembro 246 milhões. A arrecadação gerou um total de 1,4 bilhões de reais, com Superavit de 251 milhões de reais.

Bento disse que o ano de 2018 foi cheio de desafios e que muitos precisaram fechar as portas do seu negócio. “O comércio enfrentou muitos desafios no ano passado. Quem não perdeu faturamento comemorou muito, alguns reduziram bastante as receitas, outros não sobreviveram e fecharam as portas. O ICMS foi o principal responsável por esta situação, apresentando crescimento de mais de 250 milhões (25%) na arrecadação”, disse.

A entidade entende que o imposto é repassado sobre os produtos, mas quando o consumo está em queda o empresário acaba absorvendo esse aumento e paga a conta sozinho.“O governo aumentou demais a cobrança, algumas vezes de maneira desproporcional e ilegal”, finalizou.

Tags: A CASA DO EMPRESARIO ACISA ICMS

Comentários